sexta-feira, 23 de maio de 2008

Anorexia. Uma campanha. Um exemplo.

Olá leitores do Trivia Veg!

http://4.bp.blogspot.com/_31EMAdcXjsM/TFCD9J_VVtI/AAAAAAAAE-4/nIZIcS1k-ZM/s1600/Burro+Veja.jpg

Como comer apenas vegetais não faz parte da cultura nacional, é normal o povão ter preconceitos contra o vegetarianismo (vegfobia). Muito se leva na esportiva, mas tem coisa que nem brincando se pode deixar fazer. Por exemplo, dizer que vegetarianismo é apologia à anorexia. No fundo, todas associações feitas entre a postura de não comer carne e disfunções alimentares são tentativas de denegrir o vegetarianismo. Pra quem não lembra, a Revista (in)Veja já disse que vegetarianismo na adolescência pode ser sintoma de anorexia (isso além de outras pérolas).

Essa acusação é infundada mas não nasceu no ar: é que, como veremos a seguir, a grande maioria dos anoréxicos comem comida vegetariana, muito raramente e em quantidade minúscula, p.ex. uma maçã ou um tomate por dia. E tem mais: a gente que mexe com vegetarianismo sabe que muitos que aparecem "interessados" em ter uma nutrição vegetal estão apenas preocupados em emagrecer, ter uma pele melhor, etc. Não que a estética não deva ser considerada na hora de escolher o vegetarianismo, mas só isso não é motivo suficientemente justo, e não deve ser a única nem a principal razão pra se mudar de dieta. Mesmo porque, embora pareça mais complicado, é plenamente possível emagrecer comendo coisas de origem animal. Mas aí tá: 1) anoréxicos geralmente só comem vegetais; 2) vegetarianos normalmente são magros e as pessoas se interessam pelo vegetarianismo pra emagrecer. Fodeu geral: 3) recusa alimentar ocorre tanto na anorexia quanto no vegetarianismo (ou "excesso" de escolha).

Em termo de transtorno alimentar, temos a compulsividade que leva à obesidade, e também a bulimia. Vcs sabem, bulímica é a pessoa que força o vômito pra não engordar ou por outros motivos, geralmente usando vomitórios, diuréticos, laxantes ou purgantes. Já vi meninas beberem detergente após comerem tudo que queriam, pra poder o vômito vir mais fácil (sim, mesmo no rótulo dizendo pra não ingerir). Aí se sentiam satisfeitas por terem se deliciado com o que queriam; depois era só se libertar da culpa indo à privada vomitar. Dicas dos praticantes de bulimia nervosa: mastigue bem, porque senão dói pra voltar. Beba água antes, pq quanto menos sulco gástrico, menos nojeto será. E, é claro, espere pra escovar os dentes depois. Quanto mais tempo com o gosto de comida na boca, melhor. Mais saciez.

Você consegue morder um biscoito em seu ombro?

Mas o foco dessa postagem é a anorexia. Essa foi notícia uns tempos desses, com modelos morrendo com doenças relacionadas com a anorexia, ou agravadas pela mesma. E qualquer inapetência pode ser considerada anorexia (como sintoma, e não como doença nervosa em si). E a falta de apetite é mais comum que se pensa, né não? As crianças que o digam. Eu mesmo, antes de ser veg, tive isso por um tempo.

Os sintomas de anorexia nervosa, além do emagrecimento rápido, são: pele seca, lábios rachados, crescimento retardado ou minguado, ossos mais frágeis, descalcificação dos dentes, menos libido ou impotência sexual, olhos fundos, palidez, constipação, depressão, vício em atividades físicas, danos endócrinos, problemas com a menstruação, sintomas de desnutrição em geral (como anemia), sensação constante de frio, crescimento de lanugo, pane no sistema imunológico, redução de leucócitos, dor de cabeça, pequenos desmaios ou tonturas, maior fraqueza muscular, etc (fonte: Wikipédia). Isso sem contar os sintomas comportamentais (não precisa ser psicólogo pra identificar): falso interesse por culinária, achar normal ser esquelético, distorcer a própria imagem, perfeccionismo, baixa auto-estima, tendências auto-destrutivas ou suicidas, agressividade, depreciar muito tudo, etc.

A imagem “http://webiteback.com/wbbnew.jpg” contém erros e não pode ser exibida.

Sugiro, pra quem sabe inglês, o site We Bite Back, de ex-anoréxicos que se recuperaram. Eu até coloquei na parte de campanhas na coluna à direita do blog. É tipo assim, o poder de escolha é tudo, e é só seu; é hora de ter ética acima da estética. A sua saúde importa mais que sua aparência; uma depende da outra. Em situações extremas, escolha a primeira e seja mais feliz. A felicidade começa em gostar de si mesmo acima dos padrões exteriores. É uma questão de lógica: se a pessoa quer ser aceita, primeiro ela tem que se aceitar; quem se quer bem não se destrói em função de sabe-se-lá-o-quê. Quem já passou pela ana ou pela mia é exatamente quem mais pode ajudar os outros a se recuperarem (ah, pra quem ainda não sabe, são os apelidos carinhosos de anorexia "ana" e bulimia "mia"). Porque quem superou o mesmo problema não vai tratar um anoréxico como um doente metal (embora o seja!). É tudo uma questão de jeito. O melhor de tudo é saber que nossa vida está em nossas mãos, e que certas loucuras podem ser superadas. Domínio de si mesmo. Acredite.

Segue um exemplo de anorexia. Eu sei que esses exemplos e notícias só servem de incentivo pra quem já tem disposição pra praticar alguma obsessão alimentar, e que não ajuda em nada quem já é anoréxico ou bulímico (pelo contrário, apenas faz novas vítimas; assim como divulgar casos de suicídio e dizer "não se mate" não adianta). Mesmo assim, vejam:

***

Ex-modelo que pesa 40 kg pede ajuda para curar-se da anorexia




http://www.queerty.com/wp/docs/2007/12/1.jpgWorld’s Thinnest man at 41kg. Jeremy Gillitzer used to be a male model with a really hot body. Then there were bullimia and anorexia and… it’s really heartbreaking. Do read it.

É assustador imaginar que este debilitado rapaz e o saudável modelo da foto à esquerda são a mesma pessoa. Pesando apenas 40 kg, Jeremy Gillitzer hoje é praticamente pele e ossos.

Aos 36 anos Gillitzer desabafa: "Eu quero viver novamente". Ele sofre de "manorexia", termo popular para a anorexia, que afeta os homens. Pesquisas afirmam que a anorexia no sexo masculino é tão rara que afeta apenas 1 homem em cada grupo de 10 anorexicos.

"Eu quero servir de exemplo para todos, mas especialmente para os homens", disse ele em uma reportagem ao site Inside Edition. "Os homens sofrem as mesmas pressões que as mulheres sofrem. Manter-se dentro de um padrão estético é difícil."

http://i3.sinaimg.cn/lx/news/p/2008/0505/U1833P8T1D703091F914DT20080505163314.jpg
Com anorexia, e sem anorexia. O agora e o antes.


Gillitzer sempre foi um rapaz saudável. Cresceu como qualquer jovem da sua idade, e pela sua boa aparência, logo seus amigos sugeriram que ele tentasse ser modelo. Embora sempre afirmasse que ficava nervoso em frente a uma câmera, Gillitzer apareceu em inúmeros anúncios, a maioria deles destacando seu corpo atlético.

A nutricionista Joy Bauer afirmou que o caso de Gillitzer não é o único. Segundo ela, a obsessão por uma imagem corporal perfeita é muito comum no sexo masculino, causando em alguns casos a anorexia. "A mesma coisa que as mulheres sentem ao olhar as revistas, os homens também sentem, quando vêem um corpo musculoso e dividido".


Gillitzer contou que a anorexia iniciou-se depois que ele passou por uma série de problemas pessoais. Ele começou a combinar exercícios rotineiros e cada vez mais frequentes, com uma dieta de fome. Ele habituou-se a comer apenas uma maçã e metade de um sanduíche, todos os dias. Naturalmente, em pouco tempo, os músculos tão comuns a ele desapareceram e seu corpo começou a definhar, juntamente com a queda de cabelo e de dentes.

Ele afirma que hoje está tentando dar a volta por cima, mas admite que é muito difícil. No seu blog, Gillitzer conta um pouco do seu dia-dia e em muitos posts pede ajuda médica ou uma simples palavra de apoio.

Fonte: O Buteco da Net.


***

Veja também:
Bulimia: 2 vezes o sabor, zero caloria
Porque os vegetarianos engordam?
Skinny Bitch, Ser Veg na Happy Hour GNT
Meavels foundations: "anoréxicos não comem carne, melhor não correr o risco"


PS. Viram, eu não falei da Cássia Kiss!

Cássia Kiss jamais foi vegana. Não ingeria proteína animal com o intuito de obter uma vida mais saudável. Em entrevista à revista Marie Claire, a mesma admitiu ter largado o vegetarianismo estrito.


UPDATE: Desculpem eu ampliar esse texto já longo, mas esqueci de algo: anorexia NÃO é sempre uma questão de estética ou impulsionada desejo de emagrecer. Muitas vezes a pessoa está deprimida por outros motivos, e então cai na anorexia. Ou então tem outras doenças - como alguma verminose, sei lá - e começa a ter inapetência, que se transforma em anorexia. Ou simplesmente, por ter algum problema que envolva a dupla paladar-olfato, desanima de comer, por não poder apreciar livremente os sabores, e cai na doença. Eu ousaria dizer que pelo menos metade dos anoréxicos não estão preocupados com a moda nem com ter um corpinho magro em primeiro plano. Seria no mínimo inocente demais achar que todos que definham de magreza voluntariamente são vítimas da moda. Há mil outros fatores fisiológicos e psicológicos que podem causar ana.

UPDATE:
A imagem “http://www.nadaver.com/wp-content/uploads/2008/05/baleia_dieta.gif” contém erros e não pode ser exibida.
Fonte: Nadaver.com

Um comentário:

MarinaniraM disse...

Brigada, Silas, por ter atualizado as imagens! E mais uma vez parabéns pelo blog, você escreve muito bem e escolhe temas bem legais e divertidos (embora o dessa postagem seja um tanto triste..)

Mais campanhas ou recomendações: