quinta-feira, 15 de maio de 2008

Cigarro eletrônico promete revolucionar a indústria do fumo

Chega ao mercado, com a intenção de revolucionar a indústria tabagista, o primeiro cigarro eletrônico do mundo. O Gamucci Micro Electronic Cigarette, como é chamado, possui um único ingrediente - a nicotina - ao contrário do tradicional cigarro, que possui mais de 4000 produtos químicos.

O cigarro eletrônico, que funciona à base de bateria recarregável, possui aparência semelhante ao cigarro, com uma ponta vermelha e brilhante e vapores de nicotina líquida pura. Os fumantes podem inalar os vapores, sem levar ao organismo as substâncias nocivas à saúde.

Os fabricantes apostam na aprovação geral, já que tentam liberar seu uso em ambientes públicos, como restaurantes e boates, alegando que o cigarro eletrônico não produz fumaça e não causa câncer de pulmão, a exemplo do que ocorre com o cigarro tradicional.

Segundo informações do Daily Mail, o cigarrinho hi-tech, utiliza pequenos cartuchos que precisam ser preenchidos com uma substância líquida. Existem três tipos de cartuchos, "baixo", que contém seis miligramas de nicotina, "médio" que tem 11mg, e "elevado", que contém 16mg. Uma minúscula câmara no interior do cigarro aquece o líquido quando o usuário traga, produzindo uma fumacinha não tóxica.




O Gamucci está à venda por £ 49,95. O kit inclui dois cigarros, cinco cartuchos de teor elevado e um carregador elétrico.

Os fabricantes avisam que, embora não seja menos nocivo à saúde, sua venda só é permitida para maiores de 18 anos e não é apropriado para mulheres grávidas ou que estejam amamentando.

Fonte: O Buteco da Net.

2 comentários:

Anônimo disse...

ha!!!!!
fuma meu saco porra!

Blogger disse...

After doing some research online, I've ordered my first electronic cigarette kit off of Vaporfi.

Mais campanhas ou recomendações: