terça-feira, 13 de maio de 2008

"pau de arara, o choque elétrico e a morte"

Agripino reage à declaração de Lula e diz que não foi ao depoimento de Dilma para brilhar
(...) "Eu fui barbaramente torturada, senador. Qualquer pessoa que ousar falar a verdade para os torturadores, entrega os seus iguais. Eu me orgulho muito de ter mentido na tortura, senador". Dilma afirmou que "não há possibilidade de diálogo" quando se tem pela frente o "pau de arara, o choque elétrico e a morte". Leia mais: Folha.

Qualquer semelhança com a realidade bovina não é mera coincidência.

Nenhum comentário:

Mais campanhas ou recomendações: