sexta-feira, 27 de junho de 2008

Não é mais possível isso!

Seguem algumas notícias atuais do site Pecuaria.com.br

A imagem “http://www.pecuaria.com.br/template/default/image/logo.gif” contém erros e não pode ser exibida.


Abate de bovinos tem primeira queda desde 97 - O abate de boi gordo apresentou a sua primeira queda em um primeiro trimestre desde que o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) iniciou esse cálculo, em 1997. Segundo a Estatística da Produção Pecuária produzida pelo órgão, o abate nos três primeiros meses do ano foi de 7,155 milhões de cabeças de gado bovino, com queda de 10,1% sobre o mesmo trimestre de 2007 e de 3,1% sobre o quarto trimestre do ano passado. Continua...

Mais de 1/3 do gado está na Amazônia - O número de cabeças de gado criados na Amazônia Legal atinge 73 milhões, o que representa 35% da pecuária brasileira, em 185 milhões de animais. O dado é da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), com base nas estatísticas de vacinação de febre aftosa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Continua...

Frigoríficos goianos negam pressão para baixa - O presidente do Sindicato das Indústrias de Carnes do Estado de Goiás (Sindicarne-GO), José Magno Pato, disse ontem considerar inverossímil a versão da Faeg de que frigoríficos estariam tentando atemorizar os produtores com uma possível queda acentuada dos preços do boi gordo. Continua...

CNA: Preço da carne seguirá em alta - Os preços da carne bovina continuarão em alta, reflexo do incremento da demanda externa e da melhora do consumo no mercado interno. Além disso, os custos da pecuária de corte estão elevados, o que impede a venda de bois para abate a preços mais baixos. O preço do sal mineral, por exemplo, subiu 100% no acumulado deste ano. Continua...



COMENTÁRIO: "Mais de 7 milhões de vidas ceifadas em 3 meses neste ano. E olha que houve queda no número de assassinatos em 2008. Mais abaixo diz que 1/3 do gado do Brasil está na Amazônia. Se fossem mais de 60 milhões de pessoas já era uma pressão enorme naquela área. Imagine com os animais por lá, que bebem, comem e poluem mais que os animais humanos. E os comedores de cadáveres nem se "tocam"? Um mundo melhor assim? Utopia!" Paulo Bastros (email). Vi na veg-brasil.

Porque toda essa loucura de exploração animal também não é vegetarianismo.

Nenhum comentário:

Mais campanhas ou recomendações: