terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Feliz Natal... pra quem?

"Feliz Natal" é a saudação que fica martelando em nossos ouvidos, invariavelmente, todo final de ano. Dizem que o Natal é tempo de paz, de amor e de celebrar a vida (a de Jesus Cristo, especialmente).

Falemos do ato de celebrar a vida que a data inspira ("Natal" significa nascer). Com a mesa recheada de cadáveres, cada um celebra de modo contraditório (vida celebrada com a morte?) uma coisa que nem chega a atingir, de fato, um nível palpável de compreensão.

É a massa eternizando uma tradição cultural pouco pensada, muito menos revista. E, infelizmente, a coisa continuará se estendendo, enquanto houverem pessoas desprovidas de senso ético e de compaixão pelos animais.

http://img352.imageshack.us/img352/9653/perudenatalrd8.jpg

O mal não é necessário. Se a cultura gera o mal, ela precisa ser revista e, principalmente, transcendida. Assim, a questão que fica é: "Feliz Natal" pra quem?

Texto: Claudia Papp.


[ATgAAAALI_RgiKoDxLPAaceztFfESDspuPwh1tAV1s3xqQnBfAcfERqClYdG5-_2mJcjctAGwmvRCa4f9EPKmD_IniNQAJtU9VChy4Zb7B1iJbkd7beXnneaYUGMUQ.jpg]
[presepio1[1].jpg]
[jesus.jpg]
Clique pra ampliar.


Porque espírito realmente natalino também é vegetarianismo. Espírito assassino e comedor de cadáveres você define como quiser, nesse mundo teoricamente civilizado.

Um comentário:

Irmão Tod disse...

lucas 24

41 E, não o crendo eles ainda por causa da alegria, e estando maravilhados, disse-lhes: Tendes aqui alguma coisa que comer?

42 Então eles apresentaram-lhe parte de um peixe assado, e um favo de mel;

43 O que ele tomou, e comeu diante deles.

jesus não era vegan

Mais campanhas ou recomendações: