quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Disney ridiculariza vegetarianos

Chegou a mim um email em nome de Renata Lara, do site Mara e Lara. O filme "Um Faz de Conta que Acontece (Bedtime Stories)" desacata os vegetarianos. Segue o email:

http://img2.timeinc.net/people/i/2008/startracks/080310/adam_sandler.jpg

Venho levantar um assunto que está me incomodando bastante nesta última semana.

Levei minha filha de 4 anos ao cinema para assistir ao filme da Disney "Um faz de conta que acontece" e saí do cinema bastante ofendida e revoltada.

A personagem Wendy é vegetariana e mãe das 02 crianças principais do filme. A primeira cena do filme mostra uma festinha de aniversário de uma das crianças onde elas e os amiguinhos estavam muito tristes e desanimados. Na hora não havia entendido o porquê disso, sinceramente nunca achei que o motivo dessa tristeza toda estivesse relacionada ao fato da mãe, e a festa, ser vegetariana. Foi de muito mal gosto toda a produção, colocaram até um bolo enfeitado de capim e que cheirava mal. Quando o tio aparece na festa com um saco de biscoitos de chocolates todas as crianças ficam felizes, avançam no pacote e gritam:"Comida! Comida!"

Numa outra cena onde o tio tem que cuidar das crianças, pois a mãe viaja, ele pega dois biscoitos de arroz , coloca no prato, prova e diz: "É isso que vocês comem de manhã? Tenho uma idéia para isso ficar melhor." Então tira um tubo de pasta de dentes do bolso, recheia os biscoitos, joga germem de trigo por cima e come. Depois dessa cena o tio resolve levar as crianças para sua casa, como se na casa delas não tivesse nada que prestasse, e as alimenta com hamburgers e batatas fritas, como se isso fosse a coisa mais natural e saudável do mundo.

É claro que as crianças esboçam sorrisos e uma grande alegria depois da mudança.

É uma pena que depois de um filme fantástico e precioso como "Ratatoullie", que trata de forma emocionante os alimentos e o ato de cozinhar, a disney produza um filme tão grosseiro e agressivo como esse.

Saí do filme com a sensação de que o autor ou o diretor tinham raiva de vegetarianos, ou então eram donos de alguma rede de fast food. Confesso também que fiquei com medo da minha filha me associar a personagem da mãe vegetariana.

Bem, gostaria de saber da opnião de vcs sobre o assunto.

Um grande abraço,
Renata Lara.


***

Porque incomodar os carnívoros e ver como eles tentam nos ofender também é vegetarianismo.

2 comentários:

danielroma disse...

Olha que coincidência... fui assistir este filme ontem. Não fiquei incomodado com a abordagem dada. Apesar do lance dos Hamburgueres, o que fica caricato no filme é uma mãe vegetariana que faz bolos sem gosto com mato e come germem de trigo. Em nenhum momento sequer chamam ela de vegetariana (pelo menos que eu me lembre).

Nós vegetarianos nos alimentamos muito bem, sem nos limitarmos a este tipo de comida sem graça. A filha da moça que enviou o e-mail não deve se preocupar se ela já mostrou pra filha que ser vegetariano é muito mais gostoso que isso.

Acho sinceramente que existem provocações muito mais agressivas do que esta. Eu, simplesmente, achei graça...

LameDuck disse...

Não ví o filme.
Se for como a pessoa descreveu, é um filme horrível.

Mais campanhas ou recomendações: