domingo, 22 de março de 2009

10 mitos sobre comida

Achei mais uma lista ótima aqui ó: http://listverse.com/food/top-10-food-myths-debunked/

Vou dar uma geral, tradução livre minha.

10 - "Alimentos com baixo teor de gordura ajudam a emagrecer"
Nada a ver, pois podem ter muito carboidrato. E muitos aditivos podem entrar na composição do industrializado ao tentarem diminuir a gordura.

9 - "Saladas são a opção saudável do fast food"
Em fast food, saladas podem conter aditivos, sal, gorduras, óleos, a ponto de o hamburguer ser mais interessante, nutricionalmente falando.

8 - "Ganha-se músculo ingerindo proteína extra"
Consumir proteína a mais não demonstra auxiliar tanto no ganho de massa muscular, tanto é que é possível perder massa sem diminuir as proteínas.

7 - "Frutas frescas são mais saudáveis"
Só pra vitamina C e poucos outros nutrientes isso pode ser verdade. Frutas secas ou congeladas mantém, em geral, as características nutricionais. Dá no mesmo.
http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/d/dd/Dry_fruits.jpg

6 - "Várias refeições pequenas são melhores que poucas refeições grandes"
Isso pode funcionar muito bem, mas pode sair pela culatra o tiro: se a pessoa não souber controlar a quantidade e a qualidade, comer 6 vezes ao dia em vez de 3 vezes pode ser fatal. Comer menos vezes por dia, além de ser mais barato, é mais cômodo - pelo menos eu acho.

5 - "Gastamos mais calorias pra comer aipo do que as calorias contidas no vegetal"
Uma comida de calorias negativas? Bem, a gente perde caloria o tempo todo, comendo, digerindo, sentado vendo o tempo passar. Aipo tem pouquíssimas calorias, mas se vc for calcular, de qualquer forma, não vai ter um resultado negativo.
http://img154.imageshack.us/img154/7779/aipokb9.jpg

4 - "Descafeinado é sem cafeína"
Assim como "sem álcool" tem pouquíssimo álcool, descafeinado tem pouquíssima cafeína - 97% a menos, mas se vc tiver alergia a cafeína, melhor não arriscar.

3 - "Ter desejo significa que seu corpo necessita de algo (nutriente)"
Sinto muito, grávidas, mas isso não é verdade assim como não é verdade que seu filho vai nascer com cara disso ou daquilo por comer ou deixar de comer durante a gravidez.

O desejo por um alimento é puramente emocional, devido às lembranças que temos dele em nossa mente. O nosso cérebro só quer, nominalmente, energia, e não sabe pedir nutrientes específicos (se soubesse, nutricionistas seriam desnecessários). Se desejos indicassem necessidade nutricional, não teríamos desejo por chocolate e sim por coisas saudáveis. Mas como a gratificação emocional é muito valiosa, vamos seguir sim aos nossos desejos, mas sem perder a razão, ok? Agora tô com desejo de comer chocolate amargo derretido com pimenta amassada.

2 - "Sal aumenta a pressão sanguínea"
Uma pessoa normal, sem problemas de pressão, não corre de fato risco de aumentar a pressão sanguínea só porque comeu sal demais. Hipertensos sim, devem se preocupar mais com a alimentação - além do sal.

1 - Me recuso a traduzir. Se estiver curioso, o link tá no início da postagem. É que me deu uma fome agora...

Nenhum comentário:

Mais campanhas ou recomendações: